Suspeita de mandar assassinar esteticista por R$ 20 mil é presa pela Polícia

1 dez 2023 - Paraíba

A Polícia Civil prendeu, no início da tarde desta quinta-feira (30), a suspeita de ter mandado assassinar a esteticista Jaidete Oliveira Correia, de 38 anos. O crime aconteceu dentro do estabelecimento da profissional de beleza, em Assunção, no Cariri Paraibano. Segundo a investigação, a mulher teria encomendado a morte da esteticista através do pagamento de R$ 20 mil. A suspeita ficará recolhida em um presídio de Patos enquanto aguarda audiência de custódia.

De acordo com a Polícia, Jaidete foi morta por causa de ciúmes de uma ex-namorada do atual marido da vítima. “A mandante tinha muito ciúme de Jaidete e contratou esse homicídio através de um pagamento de R$ 20 mil”, destacou a delegada Maira Moura.

O homem contratado pela mandante chamou outros três comparsas para praticar o crime. Cada um deles recebeu, segundo a apuração da Polícia, a quantia de R$ 500. Dois deles foram até o local onde Jaidete trabalhava com roupas semelhantes às usadas por prestadores de serviços de operadoras de internet. A vítima foi levada até o banheiro e executada.

Três pessoas foram presas suspeitas de participarem do crime.

“A gente conseguiu identificar o atirador, o piloto da moto e a pessoa que contratou os três que estava em um carro dando cobertura para a fuga dos dois indivíduos que estavam na motocicleta. Três pessoas foram presas, outras diligências estão sendo realizadas, mas já temos o caso como elucidado”, concluiu a delegada.

MaisPB