Responsável por chacina com sete mortes em bar morre após trocar tiros com o Bope

23 fev 2023 - Brasil

Um dos responsáveis por sete assassinatos em um bar de sinuca em Sinop (513 km de Cuiabá) ficou ferido após entrar em confronto com policiais do Bope na tarde desta quarta-feira (22). Ezequias Souza Ribeiro trocou tiros com os militares na MT-222, perto da rua Teles Pires, na cidade. A morte foi confirmada em momento posterior.

Ele e Edgar Ricardo de Oliveira estavam foragidos desde terça-feira (21), quando cometeram os homicídios no estabelecimento. Eles foram flagrados pelas câmeras de segurança do bar, onde entraram armados e mandaram que as vítimas ficassem perto de uma parede.

Ezequias foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Sinop, mas teve a morte confirmada por um dos médicos da unidade. O Bope e o Ciopaer continuam fazendo buscas para localizar Edgar, que segue foragido.

Foto: Reprodução

O autor da chacina foi encontrado escondido a 15 km da cidade, dentro de uma área de mata, perto do aeroporto de Sinop.

Os dois cometeram a chacina após apostarem dinheiro e perderem partidas de sinuca. O dono do bar, identificado como Maciel Bruno de Andrade, de 35 anos, também foi morto no local.

Vídeo da câmera de segurança mostra um dos autores da chacina rendendo as vítimas com um revólver. Em seguida, o comparsa tira uma espingarda da caminhonete e atira nas pessoas.

Além do dono do bar, Orisberto Pereira Souza, 38,  Adriano Balbinote, 46, Getúlio Rodrigues Frazão, 36, Josué Ramos Tenório, 48, Larissa Frazão de Almeida, 12, e Elizeu Santos da Silva, 47.

Larissa era filha de Getúlio e estava no bar com o pai. A mãe dela e o sobrinho de Getúlio também estavam no local, mas sobreviveram ao massacre.

Ao chegar no local, a Polícia Militar constatou que o Corpo de Bombeiros já estava prestando socorro a uma vítima com vida. Seis óbitos foram confirmados ainda no bar e o sétimo foi constatado horas depois, no hospital da cidade.

Polêmica Paraíba