Quem foi Rita de Cássia, cantora e compositora de mais de 500 músicas

6 jan 2023 - Notícias

Rita de Cássia, 50 anos, que morreu nesta terça-feira (3) em um hospital particular de Fortaleza, em decorrência de uma fibrose pulmonar, é uma cantora cearense, natural da cidade de Alto Santo, considerada no meio artístico como uma das maiores compositoras de forró do país.

A artista tem no seu histórico mais de 500 composições, gravadas por bandas e artistas como Mastruz com Leite, Amelinha, Aviões do Forró e Frank Aguiar. Entre as músicas feitas por Rita estão “Meu Vaqueiro, Meu Peão”, “Saga de um Vaqueiro” e “Jeito de Amar”.

Sua primeira composição gravada foi a música “Brilho da Lua”, em 1992, interpretada pela cantora Eliane, que relembrou em uma homenagem o primeiro contato que teve com Rita de Cássia.

“O ano era 1991, a mocinha tímida que foi até a minha casa na Messejana me apresentar umas composições. Ritinha passou a tarde na minha casa com o seu violão apresentando seus sucessos para mim e meu amado pai Zé Lima. Ela me apresentou ‘Brilho da Lua’, ‘Meu Nego’, ‘Meu Vaqueiro, Meu Peão’ e ‘Sonho Real’. Escolhi ‘Meu Nego’ e ‘Brilho da Lua’. De 91 em diante, todo álbum tinha que ter clássicos dessa estrela… que se tornavam carro-chefe dos álbuns”, publicou Eliane, após a morte de Rita.

Sua primeira composição gravada foi a música “Brilho da Lua”, em 1992, interpretada pela cantora Eliane, que relembrou em uma homenagem o primeiro contato que teve com Rita de Cássia.

“O ano era 1991, a mocinha tímida que foi até a minha casa na Messejana me apresentar umas composições. Ritinha passou a tarde na minha casa com o seu violão apresentando seus sucessos para mim e meu amado pai Zé Lima. Ela me apresentou ‘Brilho da Lua’, ‘Meu Nego’, ‘Meu Vaqueiro, Meu Peão’ e ‘Sonho Real’. Escolhi ‘Meu Nego’ e ‘Brilho da Lua’. De 91 em diante, todo álbum tinha que ter clássicos dessa estrela… que se tornavam carro-chefe dos álbuns”, publicou Eliane, após a morte de Rita.

Depois das primeiras canções de Rita de Cássia, Eliane também gravou as músicas “Canto e Declamo”, “Vou Te Esperar”, “Como Encontrar”, “Perdi Meu Paraíso” e “Pode Ser Você”, todas feitas pela artista.

Rita de Cássia, que já estava em destaque no estado, se consolidou nacionalmente como compositora em 1993, quando a banda Mastruz com Leite gravou a música “Meu Vaqueiro, Meu Peão”, considerada até hoje como um dos “hinos do forró moderno”.

Em 2002, a artista teve outra composição que explodiu nacionalmente, com a música “Jeito de Amar” (Já Tomei Porres por Você), gravada nas vozes de Solange Almeida e Xandy Avião, da Banda Aviões do Forró.

Na carreira como cantora, Rita de Cássia gravou 12 álbuns com seu irmão, Redondo, e a Banda Som do Norte, uma parceria que durou cerca de 25 anos. Atualmente ela estava em carreira solo.

Globo.com