Tribunal de Contas da Paraíba determina bloqueio das contas da prefeitura de Triunfo; Entenda

19 fev 2021 - Notícias

Mais uma “herança maldita” foi descoberta pela administração de Triunfo. Dessa vez, o Tribunal de Contas da Paraíba determinou o bloqueio imediato das contas bancárias da Prefeitura de Triunfo.

A medida se deu em virtude do não envio do balancete do mês de dezembro de 2020 ao órgão pela gestão passada, ocasionando o bloqueio.

A administração do prefeito Espedito Filho sofre, desde o mês de janeiro, as consequências do desastre administrativo da última gestão de Triunfo, que deixou o município praticamente inviabilizado com vários órgãos e empresas, entre eles: INSS, RECEITA, Energisa e, agora, o TCE.

Preocupados com a situação, o prefeito Espedito Filho, juntamente com o Controlador Geral do Município, Rilson Vieira, se dirigiram com urgência ao Banco do Brasil para tentar uma solução rápida, uma vez que, sem acesso ás contas, a prefeitura não pode realizar nenhuma transação financeira.

O episódio afeta diretamente fornecedores e servidores, que correm o risco de não receberem os seus salários na próxima semana. Outro ente penalizado foi a Câmara Municipal, que não teve o repasse da cota do dia 20, ação prevista para essa sexta-feira (19).

Segundo o departamento jurídico do município, que está tomando ciência do bloqueio, a resolução do problema pode demorar até 20 dias, para que o município volte a acessar as suas contas,

Quando o TCE constata o não envio de balancetes de um município, o órgão emite ofício para o Banco do Brasil e a CAIXA, determinando o bloqueio total das contas.

RadarPB