RadarPB - Notícias de Triunfo - PB

  • contato@radarpb.com.br
  • (83) 9 9952-1219 / (83) 9 9631-7511

Paraíba gera saldo de 432 novas vagas de emprego em fevereiro, aponta Caged

26 mar 2019

A Paraíba gerou saldo positivo de empregos com carteira assinada em fevereiro deste ano. Conforme aponta os dados da secretaria especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta segunda-feira (25), o mercado de trabalho paraibano fechou o segundo mês do ano com o saldo de 432 vagas.

Entre as atividade econômicas, os dois setores que concentraram os saldos positivos no mês foram o do comércio, que registrou 3.174 admissões e 2.621 desligamentos, gerando 553 vagas, e o de serviços, com 4.657 admissões e 3.996 desligamentos, resultando em 661 vagas.

Enquanto isso, os setores responsáveis pela baixa dos postos de trabalho foram os de agropecuária, com 136 admissões e 728 desligamentos (-592 vagas), no período de entressafra da cana-de-açúcar, e a construção civil, com 1.052 admissões e 1.270 desligamentos (-218).

Entre os municípios da Paraíba, João Pessoa foi o que mais registrou saldo positivo, com 4.988 admissões e 4.481 desligamentos, gerando 507 vagas, seguido de Campina Grande, com 2.359 admissões e 2.154 desligamentos, resultando em 205 vagas.

Cenário Regional

No cenário regional, a Paraíba (432), junto com os estados da Bahia (5.706) e Ceará (1.865), foram os únicos que registraram saldo positivo no mês de fevereiro deste ano. Outros três estados do Nordeste apresentaram os maiores saldos negativos do país: Pernambuco (-12.396); Alagoas (-2.255) e o Rio Grande do Norte (-2.249).

Cenário Nacional

No recorte geográfico, a única região das cinco do país que apresentou saldo negativo foi a do Nordeste (-12.441), com 170.556 admissões e 182.997 desligamentos. Enquanto isso, as outras quatro regiões apresentaram saldo positivo em fevereiro, com Sudeste liderando (101.649); seguido do Sul (66.021); Centro-Oeste (14.316); e Norte (3.594).

Ainda segundo os dados, o país criou 173.139 novas vagas de trabalho com carteira assinada em fevereiro deste ano. O saldo é o melhor para o mês desde 2014, quando 260.823 vagas foram criadas. O resultado do mês foi puxado pelo setor de serviços, que gerou 112.412 postos formais, seguido pela indústria de transformação, que abriu 33.472 vagas de trabalho.

G1