RadarPB - Notícias de Triunfo - PB

  • contato@radarpb.com.br
  • (83) 9 9952-1219 / (83) 9 9631-7511

Corpo de segurança morto após ser baleado em assalto é enterrado em João Pessoa

4 set 2017

Foi enterrado na tarde deste domingo (2) no cemitério Senhor da Boa Sentença, na Ilha do Bispo em João Pessoa, o corpo do segurança Fábio Alves de Lima, de 38 anos, morto após tentar evitar um assalto na frente de uma escola na capital paraibana. O corpo de Fábio Alves começou a ser velado na manhã deste domingo em um ginásio no bairro de Mangabeira e seguiu em um carro aberto do Corpo dos Bombeiros até o cemitério.

Fábio Alves de Lima foi baleado no início da manhã de sexta-feira (1º) quando reagiu ao flagrar um assalto em frente a escola onde trabalhava como segurança. Fábio foi baleado na cabeça quando tentou frustar o assalto de um homem a uma mulher que deixava uma criança na escola, na Av. São Paulo. Uma câmera localizada no lado oposto à escola captou toda a briga entre o vigilante e o assaltante.

O segurança chegou a ser socorrido pelo Samu e levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Ele passou por procedimentos médicos de emergência, cirurgias, mas não resistiu ao ferimento e morreu na tarde deste sábado (2) no hospital. A informação da morte foi confirmada no boletim médico divulgado pela unidade de saúde.

O vídeo mostra Fábio correndo em direção assaltante, quando ele tenta fugir depois de roubar os pertences de uma mãe de uma aluna. Os dois ficam agarrados no meio da rua, enquanto o segurança tenta render o assaltante. Em um determinado momento, os dois caem. Teria sido pouco antes da queda que o disparo foi feito. Fábio fica caído no chão e o assaltante foge.

Ainda na noite da sexta-feira (1º), a Polícia Militar conseguiu encontrar a moto usada pela dupla de assaltantes, após uma perseguição com troca de tiros. Os dois abandonaram o veículo e conseguiram fugir. Em uma nova ação na busca pelos suspeitos, a Polícia Militar conseguiu prender o suspeito de atirar e matar o segurança Fábio Alves na comunidade Porto de João Tota, no bairro de Mandacaru, em João Pessoa, na noite de sábado (2).